7 dicas para contratar um redator freelancer sem arrependimentos

Contratar um redator freelancer não é uma tarefa tão simples, levando em consideração que é necessário que o profissional tenha conhecimento em diversas áreas e domínio da língua portuguesa.

Além disso, muitas vezes a contratação é remota e as reuniões são somente por meio da internet. São muitos os clientes que passam por situações desagradáveis com redatores que não entregam os conteúdos dentro do prazo, pegam a parte inicial do pagamento e somem ou se recusam a fazer alterações quando é necessário.

Neste artigo separei 7 dicas que podem ajudar a impedir que isso aconteça com você, continue a leitura e confira!

1. Verifique se o redator freelancer é capacitado

Com uma busca rápida na internet você encontra sites em que redatores anunciam seus serviços, alguns valores são irrisórios, acredite, há quem cobre R$5,00 por texto.

No entanto, você realmente acredita que esse é um valor justo? Uma pessoa que investe em uma carreira de redator precisa de muitos conhecimentos, não apenas na escrita — que precisa ser impecável — como também em marketing digital, SEO, entre outros.

Tais conhecimentos são imprescindíveis para que o conteúdo consiga gerar os resultados desejados, sejam eles a atração, conversão ou fidelização do cliente.

Os conteúdos feitos para o Inbound Marketing são diferentes de textos jornalísticos ou de uma dissertação comum. Por isso, antes da contratação, é preciso saber se o redator tem conhecimentos em marketing de conteúdo.

Após verificar isso, faça uma reflexão: o valor citado anteriormente de R$5,00 por artigo realmente lhe parece o suficiente para um redator capacitado?

Dificilmente um profissional especializado cobrará esse valor, que na realidade não paga nem o esforço despendido para fazer essa tarefa. Fique atento!

Algumas pessoas “tornam-se redatores” pensando em ganhar um dinheiro extra e, embora não haja nada de mal nisso, há casos em que a falta de especialização do redator pode interferir no resultado entregue.

2. Verifique o tempo de experiência do redator na área

Quando se trata de escrever, o tempo de experiência é essencialmente importante, já que a prática acaba aperfeiçoando o trabalho do redator. Portanto, confira há quanto tempo ele trabalha neste segmento e também para quais sites/blogs ele já escreveu.

Se possível, tente checar as recomendações de outros clientes, pois isso pode proporcionar uma segurança maior de que o redator é um bom profissional.

3. Analise o portfólio

Checar o portfólio de um redator freelancer é muito importante, afinal, essa é uma forma de conhecer trabalho dele. Muitos redatores trabalham como ghost writers e não podem levar os créditos pelos artigos escritos. No entanto, bons profissionais sempre têm um portfólio disponível para consulta.

Pode ocorrer de o redator não ter um texto especificamente do tema que você precisa. Ainda assim, observe se ele consegue desenvolver textos a respeito de vários assuntos, com a linguagem adequada para a persona e, principalmente, com informações relevantes e não apenas textos superficiais com “mais do mesmo”.

Avalie também a estrutura dos textos para saber se ele tem a preocupação de alterar tais características conforme o público-alvo. Acredite, isso é muito importante.

4. Preste atenção na qualidade do atendimento

A forma como o redator freelancer realiza o atendimento ao cliente demonstra profissionalismo. Obviamente nem todos os contatos precisam ser extremamente formais, vocês podem conversar de maneira descontraída.

Porém, observe se ele é claro e direto durante as conversas, pois isso também demonstra que ele sabe o que está fazendo.

Outro ponto importante é a questão dos horários. Redatores costumam ter sua própria rotina, por isso, é preciso verificar previamente como você poderá contatá-lo. Se ele oferecer opções além do e-mail, como o WhatsApp, já será um bom sinal.

Vale ressaltar aqui, que a comunicação deve ser realizada adequadamente por ambas as partes. Isso significa que você precisa passar detalhadamente quais são os objetivos com o seu projeto.

Também é importante estar disponível para esclarecer as possíveis dúvidas do redator, já que, por vezes, conhecimentos mais aprofundados são exigidos nos textos e nem sempre a internet disponibiliza informações confiáveis.

5. Questione a respeito de alterações no conteúdo

Quando você recebe o artigo, precisa checá-lo e verificar se está de acordo com seus objetivos e, caso não esteja, você precisará solicitar alterações ao redator.

O mesmo ocorre quando você solicitou o uso de imagens, mas não gostou das que foram inseridas. Acontece que, alguns profissionais cobram por essas alterações ou demoram mais para realizá-las. Para evitar desentendimentos, o ideal é questionar desde o início como este processo será realizado.

6. Verifique de onde o redator costuma retirar as imagens utilizadas

Utilizar um banco de imagens gratuito é essencial para evitar problemas jurídicos no futuro. As imagens que possuem direitos autorais não podem ser utilizadas sem permissão, caso contrário podem render processo judicial e custar muito caro para a empresa.

O assunto é sério, por isso, separei um artigo muito educativo da advogada Ana Clara Alves Ribeiro em que ela fala sobre como evitar problemas com direitos autorais de imagem. Vale a pena conferir!

7. Providencie um contrato

O contrato de prestação de serviços é interessante para ambas as partes. Ele é a forma mais segura de documentar quais são as obrigações da contratante e da contratada.

Mesmo se o redator não tiver um CNPJ, é possível fazer um contrato como pessoa física. No entanto, lembre-se que apenas redatores com CNPJ podem gerar nota fiscal.

Você precisa de alguém para produzir conteúdo? Eu sou redatora freelancer, experiente, certificada e com CNPJ. Você pode conhecer melhor minha trajetória ou entrar diretamente em contato para que possamos conversar!

Comentários

Deixe aqui seu comentário!

Estudante de Letras, apaixonada por escrever. Especializada em marketing de conteúdo, estou no segmento há mais de 3 anos.
Post criado 17

Um comentário sobre “7 dicas para contratar um redator freelancer sem arrependimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
WhatsApp Fale comigo pelo WhatsApp!
%d blogueiros gostam disto: